Notícia

Aconteceu no Auditório da Incubadora Tecnológica de Maringá no último dia 19, a capacitação para os incubados com o tema: Data Driven Culture - Uso de dados para direcionar decisões assertivas.
A capacitação foi ministrada por José Leonardo Quintino, economista e diretor executivo do Centro de Inovação de Maringá.
Participaram 14 empresas. A capacitação foi realizada gratuitamente.
Parceria da SP Negócios com a IBM destinará até R$ 12,4 milhões em créditos para utilização de tecnologia em nuvem até 2020.

A Engine Marketing Automatizado, empresa incubada na Incubadora Tecnológica de Maringá foi uma das aprovadas (única de Maringá) no Programa 100% Saúde, da SP Negócios, realizado em parceria com a IBM.
A incubada se inscreveu no programa oferecendo a plataforma agenTIC, que visa o combate do absenteísmo, uma plataforma de comunicação automatizada, que proporcionará uma diminuição significativa nas lacunas de horários causados pelo absenteísmo, melhorando a gestão dos agendamentos, proporcionando uma comunicação eficiente, aumento da produtividade e a redução das filas de atendimento.

Sobre a plataforma:

A plataforma agenTIC é facilmente integrada ao sistema de gestão já utilizado pela instituição de saúde, de forma rápida e simples. Com isso a instituição passa a ter as funcionalidades de comunicação com paciente em múltiplos canais.
O foco da agenTIC é proporcionar ao usuário a possibilidade de ele mesmo cancelar ou reprogramar os compromissos. Dessa forma a unidade de saúde pode redistribuir a consulta cancelada a um paciente diferente (próximo da fila) eliminando as filas e constante reforço com conteúdo relevante sobre: cidadania e cultura da prevenção.

“Para nós da Engine Marketing Automatizado, a inclusão do nosso projeto agenTIC no programa 100% Saúde, liderado pela prefeitura de São Paulo e a IBM, nos motiva e fortalece em nosso propósito de ajudar a resolver o absenteísmo, que é um dos maiores desafios quando falamos em saúde pública ou privada no Brasil. Ser um incubado também fez toda a diferença na participação desse programa”, comenta Lucio Capelazzo, Diretor da Engine.


O absenteísmo no Brasil:

O ABSENTEÍSMO é um dos maiores desafios existentes quando falamos de saúde pública ou privada no Brasil, esse problema consiste em pacientes que agendam consultas ou procedimentos médicos e simplesmente não comparecem. A média de ABSENTEÍSMO chega a 30% em consultas e procedimentos especializados gerando grandes prejuízos a todo sistema de saúde.


Sobre o Programa 100% Saúde:

O Programa 100% Saúde mapeou startups que possuam tecnologias capazes de transformar a saúde no país. As startups inscritas recebem acesso a créditos para utilização na IBM Cloud, plataforma que oferece acesso a serviços de Big Data & Analytics, Computação Cognitiva (IBM Watson), IOT, dentre outros. Além disso, as selecionadas farão parte da HealthTech BR, rede de startups com foco em saúde, além de terem acesso a eventos e webinars exclusivos.

O programa busca startups com soluções ligadas a temas como saúde mental, IoT, wearables, administração clínica, telemedicina, gamificação, robótica, monitoramento remoto, nutrição, Big Data, gestão hospitalar, dispositivos médicos e diagnósticos digitais, seguro de saúde, gestão de saúde populacional, saúde eletrônica / registros médicos, rede social de médicos, marketing de saúde, engajamento e educação do paciente, aplicativos de bem estar, fitness e de saúde em geral.

Benefícios do Programa 100% Saúde:

- US$ 1,000 crédito por 12 meses na IBM Cloud (não acumulativos)
- Encontro entre fundadores
- Webinars IBM (mentoria tecnológica)
- 4 Meetups HealthTech BR (abril, junho, agosto, outubro)
- Divulgação das startups
- Mentoria
- Workshop de Design Thinking e Metodologia Agile
A Abiquifi (Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica e de Insumos Farmacêuticos) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) coordenam o programa setorial intitulado Brazilian Pharma Solutions, que tem por finalidade promover o desenvolvimento das cadeias produtivas brasileiras de farmoquímicos, farmacêuticos, veterinária e biotecnologia no cenário internacional. Atualmente, as instituições desejam mapear empresas e startups brasileiras interessadas em atração de investimentos e parcerias internacionais. Para efetivar tal busca, Abiquifi e Apex-Brasil contam com o apoio da Biominas Brasil.
As áreas chave do levantamento serão:
• Biotecnologia (Saúde Humana e Animal);
• Equipamentos Médicos;
• Farmacêutico (Saúde Humana e Animal);
• IFAs (Moléculas Biológicas e Químicas);
• Nutrição (Saúde Animal);
• Saúde Digital.
Após o mapeamento, o programa Brazilian Pharma Solutions selecionará 30 startups com potencial inovador promissor, a fim de promover uma aproximação com investimentos internacionais. Além da apresentação para investidores, a startup concorrerá a uma inscrição para a BIO International Convention 2018 (4-7 de Junho em Boston/EUA) e para a BIO Latin America 2018 (4-5 de Setembro em São Paulo/BR).
Interessados estão convidados a preencher o formulário até 17 de abril de 2018. No
lin: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdpJEjB8FYn1UE4_JiBnJboDUYzv0Q37qHkZviLeMZJqBaZDw/viewform
Informações adicionais: consultoria@biominas.org.br , biominas.org.br/blog ou (31) 3303-0019.
Parabéns para nossa Incubada Eureka Labs Tecnologia - Play View que foi uma das aprovadas no ciclo 2018 do Inovativa Brasil , o MAIOR programa de aceleração de negócios, realizado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e pelo SEBRAE.

Confira os aprovados em: https://www.inovativabrasil.com.br/lista-de-aprovados-cicl…/
No último dia 09, a empresa incubada Domus, participou da mini edição da feira Almacém que busca juntar empreendedores e artesãos para expor seus produtos para a população de Maringá.
Veja as fotos dos produtos expostos.
Alunos do 4º ano de administração do Instituto Adventista Paranaense, Sede Ivatuba/PR, visitaram a Sede IBC da Incubadora Tecnológica de Maringá/Maringatech.
Cerca de 20 alunos, acompanhados pelo professor Marcos Matos, passaram a manhã do último dia 20 conhecendo as instalações da Incubadora e algumas empresas residentes, como a A8, Skintech e Vale da Seda. “É muito importante mostrar aos alunos que estão a um passo do mercado de trabalho que existem outras alternativas após a graduação que não seja partir em busca de uma vaga para se colocar. Empreender é uma delas. E é esclarecedor que saibam que em Maringá existe um ecossistema pronto para ajudar a estruturar e alavancar ideias inovadoras. Eles podem se tornar geradores de postos de trabalho e de divisas para a cidade e região. ”, disse Matos.
Algumas empresas que estão na Incubadora Tecnológica de Maringá (Parque Tecnológico MaringáTech) receberam no último dia 20 a presença de Ronaldo Ribeiro, consultor e mentor​ de São Paulo​, especialista em inovação, tecnologia e transformação digital. ​Ronaldo tem 25 anos de experiência e apoia startups​, scale-ups e empresas que buscam aumentar sua produtividade por meio da inovação e tecnologia. ​Esteve presente também Edivaldo M. dos Santos, do Instituto Founder, de Londrina. ​A visita de ​ambos veio ao encontro às necessidades das empresas incubadas que tiveram a oportunidade de apresentar seus projetos e ter um feedback sobre como o mercado vê seus produtos e serviços. “Estar em Maringá e poder conhecer um pouco do que é realizado pelas empresas dentro da incubadora é uma excelente oportunidade para mim. Assim, transfiro meu conhecimento para eles e recebo deles ideias inovadoras que são desenvolvidas localmente, e podem claro, ganhar o mundo”, comenta Ronaldo.

A mentoria oferecida por Ronaldo​ e ​Edivaldo, de forma voluntária​,​ vem somar ​a​o trabalho realizado pela Incubadora Tecnológica em Maringá, buscando inovação por meio de ideias exclusivas e surpreendentes realizadas por empresários que tem o objetivo de ​se ​destacar​ ​no mercado.
Em uma próxima etapa ​poderão ser atendidas as demais empresas incubadas. A ​mentoria foi acompanhada de perto pela equipe da incubadora. Pelos incubados participantes, o encontro foi muito positivo e renderá bons frutos num futuro breve.
Realizamos na última sexta-feira (16) com nossos incubados uma oficina para construção de business model canvas. A oficina foi ministrada pelo consultor da Incubadora Tecnológica de Maringá, Marcelo Braga. A oficina proporcionou Interação entre as empresas em momento de muita aprendizagem.
O Edital de Inovação para a Indústria e a Shell vão investir até R$2,5 milhões em projetos voltados para digitalização do setor de óleo e gás. Podem participar da seleção startups, MPE e MEI que tenham negócios voltados para estas áreas. Mais informações no link: http://www.editaldeinovacao.com.br .
A Skintech Tecnologia Indústria e Comércio Importação Exportação Ltda é o distribuidor e representante oficial dos aditivos oxibiodegradáveis da Willow Ridge Plastics Inc. (http://www.willowridgeplastics.com/) no Brasil e territórios da América Latina.
Tem como objetivo é incentivar o uso e aplicação dos plásticos oxibiodegradáveis de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e normas estaduais e municipais, visando contribuir com a preservação ambiental e o consumo consciente.
São responsáveis por orientar a correta utilização da tecnologia e realizar a rastreabilidade dos produtos fabricados com aditivos oxibiodegradáveis da Willow Ridge Plastics.

A empresa também realiza desenvolvimento de projetos de inovação tecnológica em polímeros. Como O Polímero Biocida é indicado para proteger os materiais da ação de microrganismos. Atuando em duas frentes: contra as bactérias e os fungos. O Agente age no tratamento microbiológico dos produtos, seja para inibir a formação dos microrganismos ou para eliminá-los.
Uma das vantagens deste biocida é sua apresentação em veículo sólido e a sua produção a partir de elementos naturais e inofensivos aos seres humanos e ao meio ambiente, além de ser 100% reciclável.
Além, de laboratório de análise de qualidade para controle de matéria-prima e produtos processados.
A Skintech Tecnologia tem como VISÃO atuar no mercado de polímeros plásticos visando desenvolver materiais ecologicamente corretos e com menor impacto ao meio ambiente.
Tem como MISSÃO contribuir para que a sociedade adquira conhecimento a respeito do desenvolvimento, uso, comportamento, e aplicações dos plásticos oxibiodegradáveis, que representam uma alternativa ambientalmente responsável aos produtos que não podem/conseguem ser reciclados.
Estão abertas as inscrições para startups, micro e pequenas empresas interessadas em obter financiamento de propostas para monitoramento, controle e análise de Big Data das operações em campos de petróleo.

Projetos inovadores destinados à área de óleo e gás, idealizados por startups, micro e pequenas empresas (MPE) e microempreendedores individuais (MEI), têm a oportunidade de receber financiamento da Shell Brasil e do Edital de Inovação para a Indústria. Estão abertas as inscrições para a chamada que vai investir até R$ 2,5 milhões em propostas destinadas ao monitoramento, controle em tempo real e análise dos chamados Big Data das operações em campos de petróleo. As inscrições podem ser feitas no site do Edital.

Serão selecionados até três projetos tecnológicos, em fase inicial, que vão receber até R$ 830 mil. As ideias serão desenvolvidas para atingir o estágio de prova de conceito, durante 12 meses, na rede de Institutos SENAI de Inovação. Ao final desse prazo, a Shell vai definir se incluirá esses projetos no seu portfólio de tecnologia para desenvolvimento futuro. As empresas não precisam ser, necessariamente, da área de óleo e gás, mas devem apresentar competências que as permitam desenvolver, em conjunto com a Shell, soluções para o setor.

O Edital de Inovação para a Indústria é uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Serviço Social da Indústria (SESI). Esta chamada, na categoria Empreendedorismo Industrial - Inovação na Cadeia de Valor, vai integrar o Shell Startup Challenge Brasil, programa que busca selecionar startups, micro e pequenas empresas a fim de promover o crescimento das companhias baseadas em tecnologia e desenvolver provas de conceito orientadas aos desafios da digitalização do setor.

O objetivo desta chamada é escolher projetos de empresas que apresentem soluções inovadoras em sistemas seguros de monitoramento, controle, diagnóstico e prognóstico das operações de campo. Os projetos poderão, por exemplo, captar informações brutas dos sistemas supervisórios de controle e aquisição de dados das plataformas de petróleo; monitorar e prover análises automáticas para a tomada de decisões em plataformas e sistemas submarinos, assim como nas operações de perfuração de poços de petróleo e completação - processo destinado a deixar um poço pronto para a produção.

ESPECIALISTAS GLOBAIS – A diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes, explica que as propostas inscritas passarão por uma primeira fase de seleção, da qual serão escolhidas 20 startups, MEI, micro ou pequenas empresas que receberão treinamento da instituição para que passem pela etapa final. No dia 21 de junho, no Rio de Janeiro, os selecionados terão a oportunidade de defender presencialmente seu projeto, durante cinco minutos, em inglês, a uma banca formada por especialistas globais da Shell e dos Institutos SENAI de Inovação.

Representantes da Shell Brasil, do SENAI e do Sebrae também farão um roadshow, em março, para apresentar detalhes da chamada e tirar dúvidas dos interessados, em parques tecnológicos dos seguintes estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e Santa Catarina. O cronograma com as datas das visitas já está disponível na página oficial do Edital de Inovação.

“Estamos muito felizes em trazer para o Brasil este desafio, que é derivado do programa global Shell GameChanger, que já avaliou mais de 1.700 startups de todo o mundo ao longo de 22 anos, com mais de 100 ideias aproveitadas em nossos projetos. Queremos fazer parte da história de sucesso destas startups,” afirma o presidente da Shell Brasil, André Araujo.

EMPREENDEDORISMO – A chamada da Shell é a sétima da categoria C do Edital de Inovação, que busca conectar indústrias de médio e grande portes a startups de base tecnológica, MEI, micro e pequenas empresas. Neste ano, seis companhias já lançaram desafios em temas como cidades inteligentes, internet das coisas, segurança cibernética e tecnologias digitais para o setor automotivo.

Foram escolhidos, até agora, 22 projetos. A empresa Whirlpool Corporation no Brasil, por exemplo, selecionou duas startups (MVisia e Predict Vision) para desenvolvimento de tecnologias destinadas a registro e reconhecimento de produtos; identificação na mercadoria da data de aquisição para oferta de novos serviços ao consumidor, entre outras utilizações.

O diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi, destaca que o objetivo dessa categoria do Edital é fomentar a construção de laços de confiança entre grandes indústrias e criativos empreendedores que resultem na partilha do risco inerente ao processo inovativo. “O grande diferencial dessa categoria é o compartilhamento de risco financeiro e tecnológico, por meio do lançamento de chamadas temáticas por uma instituição âncora para a criação conjunta de soluções inovadoras orientadas a desafios tecnológicos reais”, explica.

O Edital de Inovação para a Indústria seleciona e financia projetos de inovação, em seis categorias, com o objetivo de aumentar a competitividade do setor industrial. Os projetos selecionados na edição 2017-2018 terão financiamento de R$ 53,6 milhões, com custo individual de R$ 75 mil a R$ 400 mil. A seleção é feita com base em critérios como potencial de inovação e de comercialização do produto ou do processo. Além do fomento, as instituições oferecem apoio na forma de infraestrutura para desenvolver as propostas selecionadas por meio dos Institutos SENAI de Inovação e dos Institutos SENAI de Tecnologia.

Fonte: Agencia CNI
O Centro Internacional de Inovação do Sistema Fiep convida você para um café da manhã especial, com a presença dos palestrantes Claudia Rocha e Enelvo Martinelli, consultores de recursos para inovação do IEL no Paraná. Durante o evento serão abordadas as principais fontes de fomento à inovação, estratégias para projetos e editais em 2018, além de dicas de escrita para editais de inovação.
Em Maringá o evento acontece no dia 06/03, na Casa da Indústria. Avenida Rebouças, 140 - Zona 10.

Mais informações e inscrições no site do IEL Paraná.
EDITAL Nº 001/2018 - PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA

PROJETO: ADEQUAÇÃO DAS INSTALAÇÕES DO ARMAZÉM DO INSTITUTO BRASILEIRO DO CAFÉ PARA IMPLANTAÇÃO DE UM PARQUE TECNOLÓGICO (Convênio nº 01.14.0168.00/FINEP/MCT)


RESULTADO FINAL

Nome Classificação

Marcelo Birali Braga 1




Em 14/02/2018
PROJETO: ADEQUAÇÃO DAS INSTALAÇÕES DO ARMAZÉM DO INSTITUTO
BRASILEIRO DO CAFÉ PARA IMPLANTAÇÃO DE UM PARQUE TECNOLÓGICO
(Convênio no 01.14.0168.00/FINEP/MCT)
A Incubadora Tecnológica de Maringá, pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos, com
sede em Maringá/PR, na Av. Colombo, 5790, CEP: 87020-900, inscrita no CPNJ No
03.907.838/0001-51, através de seu Presidente Carlos Walter Martins Pedro, institui o presente
edital de Processo Seletivo para seleção de funcionário temporário pelo período em torno de 06
(seis) meses, que atuará no Projeto Adequação das Instalações do Armazém do Instituto Brasileiro
do Café para Implantação de um Parque Tecnológico, desenvolvido em parceria com a
FINEP/MCT.

Mais informações, leia o Edital abaixo.
A Engine Marketing Automatizado foi criada para auxiliar os nossos parceiros em três momentos distintos: a captação, a nutrição e a conversão de potenciais clientes em clientes efetivos de forma automatizada e simultânea.

A comunicação é feita através da segmentação, de acordo com características predeterminadas pela estratégia traçada, alcançando, assim, diferentes públicos de forma efetiva.

Utilizando-se de know-how em negócios e de ferramentas de ponta, automatizamos os processos para que os empresários tenham mais tempo para pensar em seus negócios.

Entenda o que eles fazem:
Entenda o que fazemos.
Os princípios que norteiam os serviços da ENGINE consistem na inteligência do Marketing. Conhecer de fato o seu cliente e falar com ele de forma segmentada, fortalecendo o seu relacionamento e criando a sua autoridade no assunto.

A ENGINE gerencia todo seu processo de.

CAPTURA
SEGMENTAÇÃO
NUTRIÇÃO
CONVERSÃO

do maior número de pessoas interessadas em seu serviço de forma totalmente AUTOMATIZADA, gerando economia e eficiência.

Engine Marketing Automatizado Ltda
Fone +55 (44) 3222-7964
Celular / whatsapp +55(44) 99863-0021
contato@enginedigital.com.br
A Incubadora Tecnológica de Maringá está realizando uma campanha, junto à comunidade, em especial aos pioneiros para resgatar a memória da cafeicultura na cidade. A ação tem o objetivo de resgatar materiais históricos, utilizados na época áurea dos ciclos cafeeiros. A iniciativa da entidade visa resgatar e preservar a história do período e enriquecer ainda mais o acervo do Memorial do Café, que fica na sede da Incubadora no Barracão do antigo IBC.

Recém inaugurado, o Memorial possui um amplo espaço, decorado com fotos e dados históricos que remetem os visitantes ao armazém abarrotado de café, povoado por trabalhadores braçais. O Memorial pretende contar a história por meio de fotografias, objetos e máquinas antigas. Parte do material já está no próprio IBC, mas muito do que foi utilizado na época pode estar em casas ou empresas de pessoas que viviam na época em Maringá. “Resgatar uma memória tão rica, por meio dos objetos usados, é trazer a realidade aos mais jovens, aos estudantes. O espaço completo e pronto será aberto à comunidade para visitação gratuita” explicou o vice presidente da Incubadora Tecnologica de Maringá, José Roberto Pinheiro de Mello.

Dentre os materiais que podem ser doados à Incubadora para enriquecer o acervo do Memorial, estão objetos de uso comum na época como: machados para derrubadas de mata, enxadas, arados, peneiras utilizadas na classificação do café, mesa de prova da bebida, xícaras, fotos históricas, torrador doméstico, moedor de café utilizados pelas famílias, colher de prova, entre outros que foram utilizados no período.

Os materiais doados podem ser entregues na sede da Incubadora Tecnológica de Maringá, que fica na Avenida Centenário, 116. O time da Incubadora também poderá buscar as doações.